domingo, 8 de novembro de 2015

A roda




A roda trilhou um caminho
E tudo passou a rodar
A vida, o tempo, o moinho
Deixai a roda rodar.

Alguém viu a roda?

A roda bateu
A roda sumiu
A roda girou
Voltou á roda a rodar

A roda revolta
Que roda imprudente
Girando tão solta
De traz para frente

A roda preguiça
Que roda em desleixo
Girando em seu eixo
Sem nada enxergar

Mas apesar dos pesares
A roda me transportou
Me fez flutuar pelos ares
E hoje fumaça eu sou.

Deixai a roda rodar
A roda brincando de roda
A roda girando no ar...
Alguém viu a roda?


Susana Luiz



"Tudo vai, tudo volta; eternamente gira a roda do ser.
Tortuoso é o caminho da eternidade". 
Friedrich Nietzsche.


Nenhum comentário:

Postar um comentário